Há um tempo, alguns amigos estavam discutindo em cima deste vídeo do dota cinema.

O Vídeo deixa claro que a chance de dar crítico é sim cumulativa e isto está correto. Contudo, o vídeo dá a entender que, como a Crystalys da 20% de chance de acerto crítico, com uma matemática simples concluímos que com 5 delas atingimos 100% de chance.

E isto não é uma verdade! As chances se acumulam, mas não se somam. Cada vez que o ataque é deferido é feito o teste se acerta ou não o crítico e há 20%, tendo duas Crystalys, as chances aumentam, pois, caso falhe a primeira, (cai nos 80% de chance de erro), há uma segunda tentativa. Ou seja, tem duas chances, o que da 36% de chance, NÃO 40% (20% + 20%). Mas se acalme, vou explicar como acontece.

O cálculo é difícil de explicar mas vou tentar ilustrar.

critchance

 

 

Observe na imagem que se temos apenas uma Crystalys, é simples, temos duas opções, Ou damos uma ataque normal (80%) ou Ataque Crítico(20%). No entanto, quando temos duas que a história começa a mudar. Pois temos duas maneiras diferentes de acertar o crítico.

  1. Acertar na primeira tentativa: 20%
  2. Acertar na Segunda tentativa: 80% * 20% = 16%

Porque na segunda tentativa é menor? 

Porque temos que desconsiderar os primeiros 20% da primeira tentativa, só chega na segundo se acertar os 80% de erro e isto não pode ficar de fora da nossa probabilidade.

mas é claro que tanto na opção 1 quanto na opção dois temos chances de acerto, então a conta final é:

20% (1) + 16% (2) = 36%

Para provar que esta certo, basta calcular a chance de acertar o hit normal, que é 80% * 80% = 64%

Quando vamos adicionando mais Crystalys, basta ir seguindo o fluxo da imagem calculando as probabilidades e somando.

  • 1x Crystalys: 20% 
  • 2x Crystalys: 20% + 80% * 20% = 36%
  • 3x Crystalys: 20% + 80% * 20% + 80% * 80% * 20% = 48,8%
  • 4x Crystalys: 20% + 80% * 20% + 80% * 80% * 20% + 80% * 80% * 80% * 20% = 59%
  • 5x Crystalys: 20% + 80% * 20% 80% * 80% * 20% + 80% * 80% * 80% * 20% + 80% * 80% * 80% * 80% * 20% = 67%
  • 6x Crystalys: 20% + 80% * 20% + 80% * 80% * 20% + 80% * 80% * 80% * 20% + 80% * 80% * 80% * 80% * 20% + 80% * 80% * 80% * 80% * 80% * 20% = 73,5%

A que conclusões podemos chegar?

A primeira é de que se combinarmos Crystalys, a chance máxima de ataque crítico é de 73,5%. Para Daedalus a conta é a mesma, basta trocar os 20% por 25%, com 6, chegaríamos a 82,2%, mas mesmo aumentando as probabilidades não chegaríamos a 100%, pois sempre haverá a probabilidade de erro, por mais mínima que seja.

De brincadeira fiz o calculo com 50% de chance de crítico, e com 6 itens alcancei 98,44%.

O vídeo então estava errado?

Não sei, o vídeo é de 2013, a regra pode ter mudado, no entanto, não achei nos logs de alteração do dota nenhum indicativo de que isso realmente aconteceu.

critevasao

Por hoje é isto, espero ter sanado as dúvidas de quem não sabia ao certo como funcionava o acúmulo de crítico, assim como espero ter levantado mais dúvidas. Caso assim eu tenha feito, basta comentar que busco a resposta pra você, talvez sua dúvida seja meu próximo artigo 😉

Vale lembrar que para as porcentagens de Evasão e Block, a regra é a mesma.

About The Author

Styðja

Jogador apaixonado pelo jogo Estudioso incansável na busca de cada pequeno detalhe. Joga de suporte roamer a fim de poder explorar cada espaço do mapa e cada um de seus elementos sem restrições.

Related Posts

11 Responses

  1. Andrey Pegorini

    E a chance de crítico de skills, como da Mortred e do Leoric?
    Elas são calculadas primeiro naquela tua escala ali (a imagem), ou são consideradas ao final? Se for no final muda bastante o efeito, não?
    E tem como cair em crítico nos dois (skill + item)?

    Responder
    • Styðja
      Styðja

      Boa pergunta!
      e a resposta é…. Tanto faz.
      Vamos tomar por exemplo a Phanton Assassin usando Daedalus.
      Coup of Grace tem 15% de chance de acerto, enquanto a Daedalus tem 25%.

      > Opção 1 (Ult > Daedalus) = 15% + 85% * 25% = 36,25%
      > Opção2 (Daedalus > Ult) = 25% + 75% * 15% = 36,25%

      O resultado da o mesmo porque embora na segunda multiplicação estejamos usando um valor diferente como referencial, ele é multiplicado pela chance de erro da primeira. No fim eles acabam se compensando. Quanto a cair nos dois, isso não existe, pois tu calcula a chance, não o dano, se tu ja atingiu que vai acertar, não tem porque apelar para as próximas instancias.

      Responder
      • César

        Nossa, que matéria bem feita. Parabéns ao autor, além de explicar com detalhes, ainda desmascarou uma coisa que não é muito óbvia para os jogadores.

        Obrigado.

  2. Dio

    Muito bem explicado.
    Até então, achava que rolavam-se dois dados pra ver qual crítico sairia- como no caso da evasão.

    Abraços

    Responder
    • Styðja
      Styðja

      Sim P.Dox, tu tens razão quanto ao PRD, mas o item que usamos de exemplo é a Crystalys onde a probabilidade real se iguala ao PRD, ambos 20%.

      Obrigado pelo Aviso.

      Responder
  3. Mecânicas do Dota 2: Buffs e Debuffs - Welcome to Dota

    […] Múltiplas fontes de evasão acumulam, mas não aditivamente. Por exemplo, se sua passiva te dá 50% de evasão e você compra uma Borboleta (Butterfly), que dá mais 35% de evasão, a sua chance real de escapar de um ataque é de 67,5%, e não 85%. Outras coisas no jogo também acumulam dessa maneira, como os Críticos e Resistência a Magia, como você pode ler aqui. […]

    Responder

Leave a Reply

Your email address will not be published.