Ex-jogador da equipe de DotA 2 do Team Archon, dos Estados Unidos, e atualmente sem time, Korok se autodeclarou culpado por ter ferido e estrangulado a peruana Stephanie “Elune”, em julgamento realizado no tribunal distrital geral do condado de Fairfax, na Vírginia. As acusações foram feitas no dia 14 de maio deste ano. A notícia está sim atrasada, mas porque só agora que divulgaram o acontecimento.

Korok

Dos doze meses de prisão, em dois Korok ficará recluso. O jogador cumprirá o restante da pena em liberdade condicional supervisionada. Ele ainda será vigiado pelo período de um ano e, caso volte a cometer um novo crime, corre o risco de ter que cumprir a sentença original em regime fechado.

Korok é um veterano no cenário norte-americano no Dota, tendo defendido times importantes como a divisão internacional do Nirvana.

No DotA2, o jogador também passou por grandes equipes dos Estados Unidos, como Team Liquid, Team Dignitas e a divisão do Natus Vincere. Ele disputou o The International de 2013, o maior e mais importante campeonato da modalidade.

Não temos mais informações sobre o acontecimento. Eu, particularmente, gostava muito do Dota que ele apresentava, mas depois de ler uma notícia como essa, ele despenca no meu conceito.

Leave a Reply

Your email address will not be published.