O formato das qualificatórias já saíram. Não tem mistério, são dois grupos de cinco equipes jogando entre si e no final, as duas equipes melhores classificadas de cada grupo irão disputar para ver quem para Seattle.

[divider]Qualificatória Americana[/divider]

Vamos falar um pouco sobre alguns times. Lembrando que as qualificatórias na América começam no dia 25 de março e vai até o dia 28 do mesmo mês.

Começando com a Not Today, equipe peruana que está começando a pegar uma certa experiência em campeonatos maiores. O time que trás na bagagem uma participação no The Summit 3, almeja a vaga para jogar o maior campeonato de Dota 2. A equipe vem se ajustando aos poucos, e que tem tudo para passar dessa fase.

Noticia-850-not_today

 

Temos também a equipe Mousesports que está de volta e tem um roster experiente. É complicado avaliar e ver se seriam uma boa aposta para ficar com a vaga para o The International 5, por terem feito poucos jogos. A line-up conta com Sam “Bulba” Sosale, Max “qojqva” Broecker, Johan “pieliedie” Astrom, Peter “Waytosexy” Nguyen e Domink “Black^” Reitmeier.

720px-Mousesports2015

 

Por último, não podíamos deixar de falar da Unknown.xiu, a equipe peruana que ficou conhecida por vencer a Open Qualify das Américas. O time surpreendeu fazendo bons jogos durante as classificatórias e fizeram por merecer.

 

[divider]Qualificatória Europeia[/divider]

Os grupos ficaram dispostos dessa maneira e ninguém vai ter vida fácil. As qualificatórias começam no dia 29 de março até 1 de junho.

01221

Imagem cortesia da joinDOTA

 

A The Alliance é um forte candidato à vaga no grupo A. É uma equipe que está tentando voltar aos dias de glória. Nesse mesmo ‘barco’ está a Natus Vincere, que após várias mudanças no roster, ainda não encaixou uma boa e convincente sequência de vitórias, mas não podemos subestimar o time ucraniano. Essas equipes que são mais experientes, tem que ficar de olho em alguns times mais novos e que tem feito bons resultados. Entre eles, podemos citar a Ninjas in Pyjamas, Vega Squadron e a HellRaisers. Times que são menos conhecidos, mas que prometem dar trabalho, até mesmo aos mais experientes.

[divider]Os favoritos a vaga[/divider]

[toggler title=”América” ]No grupo A: Wheel Whreck While Whistling e a North American Rejects baseado nos últimos bons jogos da equipe norte-americana. A Not Today não tem feito bons jogos e por isso acho que não ficariam com a vaga.

No grupo B: A disputa é mais equilibrada, então devemos citar a Mousesports (pela incrível line-up que eles tem),e a CompLexity Gaming.[/toggler]

[toggler title=”Europa” ]No grupo A: É a qualificatória mais equilibrada e será difícil apontar dois favoritos. The Alliance e Ninjas in Pyjamas, mas não podemos esquecer da 4 Anchors + Sea Captain.

No grupo B: Natus Vincere pela tradição que a equipe ucraniana tem, e a Hellraisers, mas não seria surpresa nenhuma se a Vega Squadron vencesse.[/toggler]

[toggler title=”Sudeste Asiático” ]No grupo A: A dúvida aqui nesse grupo fica entre a MVP.Hot6 e a G-Guard, e a outra vaga seria da Mineski.

No grupo B: A RAVE é favorita à vaga, seguida pela MVP.Phoenix.[/toggler]

[toggler title=”China” ]No grupo A: EHOME vem com uma equipe bem formada e é favorita a vaga. Em seguida temos a TongFu.WanZhou que não seria surpresa se classificasse.

No grupo B: HyperGloryTeam e CDEC são favoritas a vaga, mas não podemos esquecer da equipe que ganhou a Open Qualify, a Wings Gaming.[/toggler]

About The Author

Avatar

Depois de muito tempo tentando entrar no cenário competitivo de Dota e ver que era ruim demais para isso, Sckharr viu que suas chances eram remotas e então decidiu dar mais atenção ao hobby que ele mais gosta: escrever sobre Dota. Atualmente é responsável pelo cenário americano na joinDOTA, e agora faz parte dessa equipe que deixa vocês informados sobre tudo que acontece no cenário nacional e internacional. Tudo isso aqui, no nosso querido WTD.

Related Posts

Leave a Reply

Your email address will not be published.